Milei é eleito na Argentina com projeto de ultradireita. Massa reconhece derrota

Sergio Massa parabenizou Milei pela vitória antes mesmo da divulgação do resultado oficial.

Antes mesmo do início da divulgação dos resultados oficiais, o candidato presidencial argentino do União pela Pátria, Sergio Massa, reconheceu a vitória do ultradireitista Javier Milei, do A Liberdade Avança, no segundo turno das eleições, neste domingo (19). 

“Os resultados não são o que esperávamos. Me comuniquei com Javier Milei para parabenizá-lo e desejar-lhe boa sorte porque ele é o presidente que a maioria dos argentinos elegeu para os próximos quatro anos”, disse Massa em discurso a apoiadores.

O ultradireitista Milei emergiu como o novo presidente eleito da Argentina, superando o ministro da Economia e o influente peronismo. O resultado representa uma guinada para a extrema direita na Argentina, em um período onde o país enfrenta uma severa crise econômica e hiperinflação.

Durante a campanha, Milei prometeu mais turbulência nas já agitadas águas políticas e econômicas argentinas. Entre suas propostas, destacam-se a intenção de abolir o Banco Central da Argentina, a dolarização da economia e a adoção de uma visão econômica “libertária”. Além disso, a campanha de Milei ganhou notoriedade por defender abertamente a “tirania

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − nove =