BRASIL CAI DEZ POSIÇÕES NO RANKING DE PERCEPÇÃO DA CORRUPÇÃO; RELATÓRIO CRITICA BOLSONARO

O Brasil caiu dez posições no ranking de percepção de corrupção da Transparência Internacional. Relatório divulgado pela entidade nesta terça-feira (30) mostra o país na 104ª posição entre as 180 nações analisadas. O Índice de Percepção da Corrupção (IPC), da Transparência Internacional, mede como especialistas e empresários enxergam a integridade do setor público.

O país registrou 36 pontos, dois a menos que no ano anterior. O índice vai de zero a 100, em uma escala em que zero significa “altamente corrupto” e 100 “muito íntegro”. A média global é de 43 pontos.

Esta é a segunda pior pontuação obtida pelo Brasil. Fica atrás apenas dos 35 pontos alcançados em 2018 e 2019. O ranking é liderado pela Dinamarca, com 90 pontos. A última colocação é da Somália, com apenas 11 pontos.

Dinamarca (90 pontos)Finlândia (87 pontos)Nova Zelândia (85 pontos)Noruega (84 pontos)Cingapura (83 pontos).

Países com pior avaliação

Somália (11 pontos)Venezuela (13 pontos)Síria (13 pontos)Sudão do Sul (13 pontos)Iêmen (16 pontos

Leia ma matéria completa:

https://congressoemfoco.uol.com.br/area/pais/brasil-cai-dez-posicoes-no-ranking-de-percepcao-da-corrupcao-relatorio-critic

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + dez =