Fazendeiros protestam derramando leite no asfalto

Os Manifestantes reivindicam a revisão de políticas de importação adotadas pelos governos federal e estadual vindos do Uruguai e da Argentina.

Os manifestantes afirmam que o maior problema no setor são os altos números de importação, de leite e seus derivados,n aumentou em 300% — o que, segundo eles, resulta na diminuição do preço do leite gaúcho.

Derramar o leite nas vias públicas é um absurdo seria mais coerente doar as pessoas passam fome, inclusive no próprio estado que sofre com inundações. Os ruralistas que defendem a livre iniciativa e o livre mercado apenas quando é coviniente, não não têm razões para se opor a lei da oferta, que é um dos pilares do capitalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − quatro =