Fórum das Cidades Amazônicas

Edmilson Rodrigues, prefeito de Belém, entregará carta aos líderes dos oitos países da amazônicos que participarão da Cúpula da Amazônia nos dias 8 e 9 de agosto, em Belém.

O Fórum das Cidades Amazônicas terminou na tarde desta sexta-feira (4) com a assinatura da Carta de Belém. O documento, que detalha as necessidades da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), que é o acordo de cooperação entre os oito países da Pan-Amazônia, foi elaborado por prefeitos e prefeitas da Amazônia brasileira e internacional – composta por Bolívia, Peru, Guiana, Equador, Peru, Venezuela e Suriname.

Com quatro objetivos centrais, a Carta de Belém estabeleceu um plano abrangente para a colaboração sustentável entre os governos locais da região amazônica:

Criar um fórum permanente entre os prefeitos da região, dentro da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), para debaterem de forma livre o desenvolvimento da Amazônia;

Estabelecer um calendário de reuniões regulares, além de uma programação de oficinas, cursos, trocas de experiências e melhores práticas, bem como a elaboração de programas e projetos de cooperação técnica e outras iniciativas;

Promover um programa abrangente para a urbanização sustentável na região amazônica, que inclua a gestão e o planejamento do crescimento urbano, além de aspectos como infraestrutura, mitigação e adaptação às mudanças do clima;

Contribuir ativamente, e de forma coordenada, para o diálogo internacional sobre a biodiversidade e a mudança do clima.

A carta também destaca as peculiaridades da região e enfatiza o papel ativo dos governos locais e da população na busca por um crescimento socioeconômico sustentável da Amazônia. Nesse sentido, o documento emerge como um marco crucial na trajetória rumo a um futuro mais promissor para essa região vital do nosso planeta.

O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues (PSOL), entregará a carta aos presidentes dos oitos países da amazônicos presentes na Cúpula da Amazônia, que acontece nos próximos dias 8 e 9, na capital paraense.

Antes disso, a carta foi entregue aos ministros das Relações Institucionais, Alexandre Padilha e das Cidades, Jader Filho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × dois =