“Rei do gado” têm 24O mil de cabeças bovinas, diz que a ordem é preservar.

Recentemente, concretizou a maior negociação no mercado imobiliário rural com a compra de novas fazendas no Pará. O Brasil possui o maior rebanho comercial de bovinos do mundo, cerca de 240 milhões de cabeças de gado.

Dentro do setor da pecuária, desta vez, o destaque é para a história de quase meio século do Grupo Rio Vermelho, fundado por Roque Quagliato, o Rei do Gado, em Sapucaia-PA em 1973. Quando tinha 33 anos, ele deixou para trás a confortável vida de usineiro que levava em Ourinhos, no interior de São Paulo, para tentar a sorte como pecuarista no meio da selva amazônica.

Conheça a trajetória do dono de mais de 240 mil cabeças de gado! A ordem agora é Preservar o Meio Ambiente.

Segundo a frase dita pelo grande nome da pecuária nacional, o Dr. Roque Quagliato, “Intensificar a Pasto, para Preservar o Meio Ambiente!”. Segundo as informações, aos 33 anos, o destino do Rei do Gado era Sapucaia, na região de Xinguara, a 600 quilômetros da capital do Pará, Belém. Era a década de 70, época que o governo militar incentivava a migração para a Amazônia.

Ele subiu de barco pelo rio Araguaia e abriu picadas na mata para conhecer as terras que estavam à venda. Roque ficou conhecido na região como “rei do gado”, mas tornou-se também o rei da preservação da Amazônia. Ao mesmo tempo que assegura a sustentabilidade, a reserva serve como ferramenta de manejo da fazenda, conforme apresentou o pecuarista.

LEIA MAIS:

https://www.comprerural.com/rei-do-gado-cresce-e-ja-tem-240-000-bovinos-alem-de-novas-fazendas/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =