DATAFOLHA: TEMAS POLÊMICOS SOB O OLHAR DO POVO BRASILEIRO.

A pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (1/7) aponta que a posse de armas de fogo e o direito das mulheres ao aborto são os temas mais divisores no Brasil. Além desses tópicos, o instituto também ouviu a opinião dos brasileiros sobre temas como homossexualidade, racismo, mudança climática, vacinação, religiosidade e presença de mulheres em cargos de poder.

Pesquisa divulgada neste sábado (1°/7) também trás um levantamento da opinião pública sobre temas como homossexualidade, racismo, vacinação, mudança climática, e lideranças femininas.

O levantamento ouviu 2.010 entrevistados do dia 12 a 14 de junho em 112 cidades do Brasil e tem margem de erro de 2 pontos para mais ou menos.
Datafolha: Google é o principal meio para tirar dúvidas sobre saúde no Brasil
Datafolha: 35% aprovam governo Lula, 27% reprovam e 33% acham regular
Datafolha: 61% avaliam que Lula age de maneira adequada ao cargo
.

ABORTO
A pesquisa aponta que 25% dos entrevistados concordam totalmente que o aborto deve ser um direito das mulheres, enquanto 20% concordam em parte. Somando os dois grupos, 45% dos brasileiros são a favor do direito ao aborto.
Do outro lado, 39% discordam totalmente que o aborto seja um direito das mulheres, e 13% discordam em parte, o que totaliza 52% da população.

O aborto deve ser um direito da mulher?
Concordam totalmente: 25%
Concordam em parte: 20%
Discorda totalmente: 39%
Discorda em parte: 13%
Nem concorda, nem discorda: 1%
Não sabem: 2%

ARMAS
No que diz respeito à posse de armas de fogo para autodefesa, a pesquisa mostra uma população ainda mais dividida. 33% concordam totalmente com o direito de possuir arma legalizada, enquanto 17% concordam em parte, somando 50% da população.
Já os que discordam totalmente com a posse de armas de fogo são 37%, e 11% discordam em parte, ou seja, um total de 48% da população se mostrou contrário à posse de armamento.

Possuir arma legalizada deveria ser um direito do cidadão para se defender?
Concordam totalmente: 33%
Concordam em parte: 17%
Discordam totalmente: 37%
Discordam em parte: 11%
Nem concorda, nem discorda: 1%
Não sabem: 1%

HOMOSSEXUALIDADE
O tema da homossexualidade foi abordado pelo levantamento e os resultados apontam tendências contraditórias na opinião pública brasileira. 75% concordarem que a homossexualidade deve ser aceita por toda a sociedade. Contudo, 72% acreditam que o conceito de família deve ser aplicado a um homem e uma mulher. Confira os números abaixo.

A homossexualidade deve ser aceita por toda a sociedade?
Concorda totalmente: 55
%

Concorda em parte: 20%

Discorda totalmente: 13%

Discorda em parte: 8%

Nem concorda, nem discorda: 2%

Não sabem: 3%

A família deve ser formada por um homem e uma mulher?

Concorda totalmente: 59%

Concorda em parte: 13%

Discorda totalmente: 20%

Discorda em parte: 7%

Nem concorda, nem discorda: 1%

Não sabem: 1%

Mudança climática, racismo, liderança feminina, vacinas e religião
90% dos entrevistados admitem que as mudanças climáticas são uma realidade. 78% das pessoas ouvidas concordam que negros têm menos acesso ao mercado de trabalho que os brancos, mas 75% concordam com a frase “hoje em dia, as pessoas veem racismo em tudo”.

94% acreditam que a presença de mulheres em cargos de liderança deve aumentar. 78% dos entrevistados defendem que a vacinação em si e dos filhos é uma decisão pessoal; 21% discordam.
84% acreditam que a igreja deve fazer parte deve fazer parte do projeto de vida das pessoas; 14% são contrários a ideia.
Com informações do Jornal do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × um =